Fórum de RPG: Islands
Sejam bem-vindos! Faça o login ou registre-se e participe dessa nova aventura!

Para os já membros: nova missão à vista! Para mais esclarecimentos, vá ao tópico Missão 1, localizado no fórum Atualizações do Narrador.
Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Conectar-se

Esqueci minha senha

Calendário

Calendário:
Então, como todos que jogam sabem, nós seguimos um calendário de turnos. Nessas primeiras semanas turnamos no dia 07 de junho de 2080. Dia 04 de junho de 2011 todos os turnos devem ser encerrados para que o novo dia comece. Dessa vez pularemos duas semanas, estaremos turnando no dia 21 de junho de 2080. Postaremos com o narrador resumindo toda a trama. Aguardem!


Votações
Melhores FPs:
VOTE AQUI!

Ganhadores dos Melhores Turnos:
Lisa Marie, Angelique, Claude Barton e Adam
Confira aqui!

Melhores Avatares:
VOTE AQUI!

Ganhador dos Melhores Posts:
Lisa Marie Barton e Arauel (Player: Bibs)
Confira aqui!

Avisos
Missão do semestre:

Aves Encantadas: CLIQUE AQUI!

Novidade das missões:
Novo poste com o narrador AQUI.

Novidades:
Novas Votações!

Quem está conectado
1 usuário online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 1 Visitante

Nenhum

[ Ver toda a lista ]


O recorde de usuários online foi de 14 em Sab Jun 22, 2013 3:47 am
Últimos assuntos
» [CHAT & FOFOCAS]
Ter Jan 06, 2015 9:35 pm por Beliel

» [PERSONAGENS E PHOTOPLAYER]
Ter Maio 28, 2013 1:05 pm por Selene Corvinus

» [FP] Selene Corvinus
Seg Maio 27, 2013 7:49 pm por Selene Corvinus

» [VAGAS DAS RAÇAS E PEDIDOS]
Seg Maio 27, 2013 7:34 pm por Selene Corvinus

» [FP] Conde Clawss
Dom Maio 12, 2013 4:33 pm por Ishtar

» [LISTA E VAGAS DE EMPREGOS]
Qua Maio 01, 2013 3:48 am por Conde_Clawss

» Bar e Hotel London
Qui Jan 03, 2013 6:40 pm por Ishtar

» Malek Falls Vaclavs
Dom Abr 15, 2012 1:21 pm por uivo-trovao

» [FP] Aaron Larkin.
Qui Jan 05, 2012 6:24 pm por Aaron Larkin

Parceiros

[FP] Verônica

Ir em baixo

[FP] Verônica

Mensagem por Veronica em Sex Maio 06, 2011 4:22 am

Nome: Verônica / Anastasia Elle Windsor Holstein.
Como gosta de ser chamado: Verônica / Madame V.
Idade: 23 anos.
Sexo: Feminino.

Filiação: Antiga familia real Windsor-Holstein de Norfolk.
Raça: Paranormal / Humana
Onde vive: Floresta do Reino Barton.
Trabalho: Cartomante / Medium

Cabelos: Dourados e longos.
Cor dos olhos: Verdes, como esmeraldas.
Aparência: Estatura baixa (1,58m) e corpo esguio.

100 pontos para dividir:
Destreza: 12
Carisma: 19
Inteligência: 17
Raciocínio: 18
Força: 08
Autocontrole: 18
Coragem: 08

Sua história:

Condado de Norfolk, Inglaterra, três anos antes da Revolução Sobrenatural.

Um casal de nobres (um duque e uma duquesa) ignoravam o caos que reinava no planeta Terra naquele momento. Os hospitais estavam destruídos e o parto tivera de ser feito em sua própria residência, mas nem mil bombardeios poderiam ofuscar a alegria que sua filha lhes trazia. Anastasia Elle Windsor Holstein. Sentiam-se tristes por ela ter nascido num momento tão infeliz para o mundo, mas ver aquela pequena criatura e ouvir seu riso melódico foi como um raio de luz. Como a luz no fim do túnel.

Mas a vida real não é um conto de fadas.

O playground de Elle era um quarto de brinquedos e ela jamais poderia deixar sua residência. Estava agora com três anos. Já se achava grandinha o bastante para entender as coisas, e mais do que tudo, queria entender porque não podia ir para o quintal. A paisagem de fora era cinza, sombria, barulhos de bomba a assustavam durante a noite, mas ainda assim ela não queria ficar dentro de casa o tempo todo. Era sufocante viver daquela forma.

Certo dia, depois de cansar de brincar com suas bonecas, foi atrás de sua mãe, a Duquesa de Norfolk, ou Bridget. Desceu as escadas ruidosamente, animada, como sempre.

Sua mãe estava na sala de visitas. Podia ouvir sua voz, a de seu pai e outra que não conseguia assimilar. Sabia que não poderia interrompê-los naquele momento, então simplesmente parou ao lado da porta de entrada da sala, de forma que eles não pudessem vê-la, e ficou esperando por sua mãe. Brincava com a barra de seu pomposo vestido, cor de creme, ouvindo involuntariamente a conversa dos adultos.

- Esta guerra não acabará nunca, William... nós já deveríamos ter fugido. – era a voz de sua mãe. E num timbre que Elle jamais ouvira antes. Ela estava preocupada, aflita.

- Bridget, não podemos simplesmente deixar esse lugar. Ainda tenho meus negócios para comandar e...

- ESTAMOS CORRENDO UM RISCO ENORME FICANDO AQUI! VOCÊ NÃO VÊ ESSAS ABERRAÇÕES LÁ FORA? AS MESMAS QUE DESTRUIRAM MINHA FAMILIA NO PASSADO? ELAS ESTÃO FORA DE CONTROLE, WILLIAM. Céus, não me fale de negócios. –


Ouviu um novo ruído, como se alguém estivesse se sentando numa das poltronas da saleta. Provavelmente era sua mãe tentando se acalmar. Nunca a ouvira gritar antes. Seu tom de voz sempre fora tão doce e cheio de gentileza, que parecia que haviam trocado sua mãe.

- Vá para outro lugar, Bridget. Alfred aqui cuidará de levar você e Bridget para Dublin. Dizem que as coisas por lá estão mais calmas. – e quanto ao seu pai? Parecia estar também ouvindo a voz de um estranho. Claro, William sempre trabalhara demais e estivera cansado. Mas ele soava verdadeiramente exausto.

- Eu não posso te deixar aqui, William... eu não... – a voz de sua mãe, em contra partida com o alto volume utilizado anteriormente, soava baixa, quase como num sussurro.

Elle, preocupada e assustada com toda aquela nova situação, ousou esticar-se um pouco, apenas o bastante para dar uma leve espiada na sala e se certificar de que de fato eram seus pais que estavam ali. Franziu o cenho para o que vira. Sua mãe, sentada em uma das poltronas, com os punhos cerrados enquanto lágrimas rolavam incessantemente por seu rosto. Seu pai estava com as duas mãos sobre o batente da janela, olhando para fora, como se o exterior fosse muito mais interessante e sua cabeça estava baixa. Já Alfred, um tio e também motorista da familia, estava de pé no meio dos dois, uma expressão solene em seu rosto e sua postura ereta.

Mordeu o lábio inferior, trêmulo, sentindo os próprios olhos arderem e se encherem de lágrimas. Não queria ver sua mãe chorando, doia em seu peito. Estava com medo. Seus pais deveriam passá-la segurança, mas ela já temia por eles.

Ficou divida entre entrar na sala e ficar lá. Seus pais brigariam com ela, mas ela podia sentir que algo ruim estava para acontecer, portanto só queria se aninhar, esconder-se, nos braços de seus pais. Seus pensamentos foram interrompidos pela súbita continuação do diálogo entre os adultos.

- Não é uma opção, Bridget. Você vai sair daqui. Pense em Anastasia. Ela precisa ser protegida.

Protegida...? Anastasia, que vivera toda sua curta vida naquele mundo de paisagem cinzenta, não entendia do que precisava ser protegida.

Ouviu outro ruído e mais uma vez ousou dar uma olhadela na sala. Sua mãe se levantara da poltrona e assentira para seu pai, aparentemente concordando.

Ela caminhou rumo à porta e Elle afastou-se um pouco. Surpreendeu-a o fato de sua mãe tê-la olhado, porém não tê-la repreendido por provavelmente ter ouvido a conversa dos adultos. A mulher secou o rosto com as costas de uma das mãos e olhou para a pequena garota de cabelos ondulados e dourados que estava a seu lado.

Elle esticou seu pequeno braço e puxou levemente a barra do longo vestido de sua mãe.

- Mamãe... o que aconteceu? A senhora está bem?

Deixou a cabeça pender levemente para um dos lados, como sempre fazia quando estava confusa.

- Sim, Anastasia. Mamãe está bem.

Elle sabia que sua mãe não estava bem. Como gostaria de poder ler seus pensamentos.

‘Preciso te tirar daqui. Não quero que os vampiros te transformem. Não quero que matem nossa familia. Ai céus, William. O que farei com você?'

A garotinha arregalou os olhos.

- O que disse, mamãe?

- Eu disse que mamãe está bem.

- Não! Além disso! Sobre... vampiros?


Agora foi a vez da duquesa de arregalar os olhos. Não era possivel. Ela não havia falado aquilo em voz alta.

- Não fale bobagens, Anastasia Elle. Vá fazer suas malas junto com Joanne, já. Vamos viajar para o campo.

A voz de sua mãe era trêmula, traindo a firmeza e naturalidade que ela gostaria de transmitir.

‘Não é possivel. Por que minha filha também tem que ser uma aberração...?’

Após ouvir aquilo, Elle, a aberração, abaixou sua cabeça e foi pedir a sua babá para lhe fazer as malas.

----------

Quando chegaram em Dublin, a desiludida Duquesa Bridget já não sabia o que fazer. O cenário não mudara muito e sua esperança já havia sido perdida. Aquilo era uma guerra, como é que ela escaparia? Como é que salvaria sua filha?

Anastasia não entendia como podia ouvir as palavras de sua mãe sem que elas fossem pronunciadas. Era estranho. Mas ela era apenas uma garota de três anos, não entendia muita coisa.

Caminhava ao lado de sua mãe, segurando uma de suas mãos, no meio da Floresta. Embora fosse escura e digna de um filme de terror, Elle se apaixonara pelo lugar. Pela natureza. Pelo ar livre. Ela, que nunca podia deixar sua residência, tinha seus pés tocando a terra fofa naquele momento.

Mas a vida real não é um conto de fadas.

Vultos se aproximaram. Sombras. Estava anoitecendo e Elle pôde ouvir sua mãe amaldiçoando aquelas sombras. A garotinha imediatamente ficou com medo. Um arrepio lhe percorreu o corpo. Sua mãe se virou para ela e se abaixou ao seu lado.

- Anastasia, eu preciso que você corra. Corra o máximo que puder e não olhe para trás. Não pare até encontrar uma igreja. Mamãe vai te encontrar logo, promessa. Amo-te. Muito. Minha pequena Elle.

Deu-lhe um beijo sobre sua testa e também um pequeno empurrão, dando impulso para que a garotinha, que não teve nem mesmo tempo de protestar, pudesse começar a correr. Sua mãe lhe dissera que logo lhe encontraria, mas não era aquilo que seus pensamentos diziam. Correu, correu e correu até não ouvir mais aquela vozinha de sua mãe. A que contrariava as palavras que saiam de sua boca.

Encontrou uma Igreja após uns vinte minutos correndo e se abrigou no lugar. Seus joelhos cederam, fazendo-na cair sobre os mesmos, no corredor da capela e a garotinha logo começou a chorar. Um padre veio consolá-la.

- O que faz aqui, garotinha?

- Mamãe... ela pediu preu correr... ela está vindo, não está?

‘Pobre criança. Acaba de ser tornar orfã.’

- Sim, ela está... fique aqui enquanto isso. Irei te trazer um copo de leite, minha pequena.


Orfã. Não sabia ainda o que aquela palavra significava. Mas descobriria mais cedo do que esperava.

----------

Sua mãe nunca mais voltou. Elle já tinha seus oito anos agora. A guerra estava quase no final. A soberania Barton já estava sendo imposta naquele território. A garotinha já não era conhecida como Anastasia. Abandonara seu nome há cinco anos atrás, quando foi acolhida por um jovem casal de camponeses. Chamava-se Veronica agora. A paisagem ainda era cinzenta. Todas as noites homens e mulheres com suas carnes dilaceradas pela batalha apareciam, esperando que sua nova mãe cuidasse deles. Ela tinha o dom da cura, aquilo era óbvio. Descobrira depois que ela é uma bruxa.

Enquanto isso, seu novo pai trabalhava no campo. Todas as noites, impreterivelmente, eles benziam sua casa e ficavam encolhidos ali até o sol raiar.

Já entendia melhor o seu ‘dom’. Ela sabia ler mentes, pelo menos era isso o que lhe falaram. Ela entendia como funcionava, só precisava controlar aquilo. Eram tantos pensamentos, de tantos lugares, que ela poderia jurar que logo ficaria louca.

Sua vida era simples. Comum. Mas ela era feliz. Era.

Mas a vida real não é um conto de fadas.

A guerra chegou ao campo. O império Barton escravizara os humanos e chegara a vez de seus pais adotivos prestarem serviços ao império. Eles foram levados enquanto Veronica colhia frutos. Chegou em sua casa, um sorriso radiante estampado nos lábios rosados e não os encontrou. Sabia o que havia acontecido. Malditos sanguessugas levaram sua única familia.

‘Pobre criança. Acaba de ser tornar orfã.’

Veronica fugiu. Sabia que as aberrações voltariam e não deixariam que eles a encontrassem. Foi se refugiar no único lugar onde se sentia segura. No lugar que conhecia como a palma de sua mão. O lugar que passou a ser sua familia, e uma que não poderia lhe ser tirada: A floresta.
O tempo passou e Veronica foi crescendo, amadurecendo. Caçava pequenos animais e colhia frutos para sua sobrevivência. Não demorou para obter o autocontrole de seu dom. A única coisa que precisou foi de experiências. Utilizava seu dom e suas habilidades de caçar discretamente para realizar pequenos furtos.

Já com seus dezoito anos, a liberdade que sentia era plena. A paisagem já não era cinzenta. A floresta nunca fora mais verde. Ela tinha controle sobre sua vida. Sobre seu destino. Sobre seu dom. E não importa quantos vampiros fossem até ela. Ela já não tinha mais nada que eles pudessem lhe tirar.

Construiu uma pequena choupana no meio da floresta e lá passou a obter dinheiro de outra forma. Ela agora ‘falava com os mortos’. É claro que aquilo era uma grande farsa, já que sua única habilidade era ler mentes. Mas com o grande autocontrole sobre seu dom, era fácil conseguir dinheiro. Precisava apenas falar o que aquelas pessoas desesperadas por conforto queriam ouvir. Refugiados. Híbridos. Até mesmo vampiros iam se consultar com ela. Claro que em segredo, pois ela ainda deveria virar uma escrava. Mas seus clientes fiéis a protegiam. Seria um desperdicio perder a mulher que tinha tamanha capacidade de entrar em contato com pessoas de seus passados.

Veronica hoje tem vinte e três anos e vive na floresta do Reino Barton. Tem sua casinha, onde supostamente fala com os mortos e sobrevive com o dinheiro recebido, além das pequenas caças e colheitas de frutos. Embora pareça muito conformada, ela ainda pensa em reencontrar seus pais adotivos. E quem sabe seus pais verdadeiros também. Mas tem um grande senso de autopreservação. Não sairá por aí numa missão suicida. Seus quatro pais sacrificaram suas vidas para que ela pudesse viver e Veronica pode ser muitas coisas, mas certamente não é uma ingrata.


Photoplayer: Kristen Bell
avatar
Veronica

Mensagens : 22
Data de inscrição : 06/05/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [FP] Verônica

Mensagem por Lisa Marie Barton em Sex Maio 06, 2011 8:47 am

Amanda sua linda, que ficha é essa? Cê quer me matar? <33333333333333333333333333333

MAIS DO QUE APROVADA,
MINHA, bjs.
avatar
Lisa Marie Barton
Administrador

Mensagens : 421
Data de inscrição : 13/04/2011
Idade : 29
Localização : Barton

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [FP] Verônica

Mensagem por Lúcifer em Sex Maio 06, 2011 9:15 am

CACETE
CARAIO
QUERO ELA
ME DA?


Olá vidente vem me ler vem /fail

_________________
loading...
avatar
Lúcifer
Moderador

Mensagens : 448
Data de inscrição : 24/04/2011
Localização : Sheol

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [FP] Verônica

Mensagem por Veronica em Sex Maio 06, 2011 11:58 am

TO INO.
ME SPERA LULU. ADORO UM PERIGON. Q


BIANCA, NÃO VIAJE. T-T QUERO TU AQUI. -fu
avatar
Veronica

Mensagens : 22
Data de inscrição : 06/05/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [FP] Verônica

Mensagem por Aaron Larkin em Sex Maio 06, 2011 12:14 pm

AAAAAAAAAAAAAAAH SUA LINDA! (L)
avatar
Aaron Larkin

Mensagens : 53
Data de inscrição : 05/05/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [FP] Verônica

Mensagem por Aaron Larkin em Sex Maio 06, 2011 12:18 pm

Veronica Mars :B
avatar
Aaron Larkin

Mensagens : 53
Data de inscrição : 05/05/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [FP] Verônica

Mensagem por Veronica em Sex Maio 06, 2011 12:21 pm

Yup. Very Happy
avatar
Veronica

Mensagens : 22
Data de inscrição : 06/05/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [FP] Verônica

Mensagem por Jake Miles em Sex Maio 06, 2011 12:32 pm

eu estava me perguntando quanto tempo ia leva pra ti usa a Kristen xD

TEAM BURIA <3 (ou seria team veronica?)
avatar
Jake Miles

Mensagens : 19
Data de inscrição : 03/05/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [FP] Verônica

Mensagem por Veronica em Sex Maio 06, 2011 12:37 pm

ERGLERP´GLERGOEPRKGEROPGEROP É verdade.
Eu estava procurando pela person perfeita pra usar a minha linda. *o*

E obrigada. Já tenho até torcida. <33
avatar
Veronica

Mensagens : 22
Data de inscrição : 06/05/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [FP] Verônica

Mensagem por Jake Miles em Sex Maio 06, 2011 12:49 pm

entao... *cara pervertida*
ja que eu n posso ter a buria.... Razz
avatar
Jake Miles

Mensagens : 19
Data de inscrição : 03/05/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [FP] Verônica

Mensagem por Elena Bartowski em Sex Maio 06, 2011 2:15 pm

vemk minha vidente vem, rawr ;9
avatar
Elena Bartowski

Mensagens : 63
Data de inscrição : 02/05/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [FP] Verônica

Mensagem por Liliandil em Sex Maio 06, 2011 4:53 pm

videntee *o*

aushaushuash
avatar
Liliandil

Mensagens : 269
Data de inscrição : 28/04/2011
Localização : Heaven

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [FP] Verônica

Mensagem por Tsaphkiel em Sex Maio 06, 2011 5:44 pm

LINDAAA *o*
aamei a ficha, Mande (:
avatar
Tsaphkiel

Mensagens : 45
Data de inscrição : 24/04/2011
Idade : 23
Localização : Dimensão Heaven

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [FP] Verônica

Mensagem por Lúcifer em Sex Maio 06, 2011 7:28 pm

VEM NE MIM QUE NÃO POSSO NEM OLHAR ESSA FICHA
SEM FICAR ACESO
MAMA
OEEEEEEEEEE

_________________
loading...
avatar
Lúcifer
Moderador

Mensagens : 448
Data de inscrição : 24/04/2011
Localização : Sheol

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [FP] Verônica

Mensagem por Szandor em Dom Maio 08, 2011 1:54 pm

DELICIA VEM PRO TIO VEM
avatar
Szandor

Mensagens : 84
Data de inscrição : 26/04/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [FP] Verônica

Mensagem por Arauel em Dom Maio 08, 2011 3:26 pm

SAIAM TODOS
avatar
Arauel

Mensagens : 56
Data de inscrição : 28/04/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [FP] Verônica

Mensagem por Freya von Nacht em Dom Maio 08, 2011 4:21 pm

EPRGKEROGPERKGOPERKGEROPGEROP VEMK BIBS. VEMK. <333
avatar
Freya von Nacht

Mensagens : 148
Data de inscrição : 26/04/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [FP] Verônica

Mensagem por Liliandil em Seg Maio 09, 2011 6:57 am

AIN TI LINDOOOOOO


Adoro cartomantes *o*
avatar
Liliandil

Mensagens : 269
Data de inscrição : 28/04/2011
Localização : Heaven

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [FP] Verônica

Mensagem por James Friederichs em Seg Maio 09, 2011 8:40 pm

Quando vi o PP, nem precisei saber quem era a Player u.u
FUCK YEAH PRA MIM
avatar
James Friederichs

Mensagens : 120
Data de inscrição : 26/04/2011
Localização : Wolfric

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [FP] Verônica

Mensagem por Liliandil em Qua Maio 11, 2011 7:19 am

OWNNNNNNNN

ti lindo o pessoal jah se reconhece pelo PP

NUSS q identidade

Quando crescer quero ser assim .. tem PP prorpo para eu \o
avatar
Liliandil

Mensagens : 269
Data de inscrição : 28/04/2011
Localização : Heaven

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [FP] Verônica

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum