Fórum de RPG: Islands
Sejam bem-vindos! Faça o login ou registre-se e participe dessa nova aventura!

Para os já membros: nova missão à vista! Para mais esclarecimentos, vá ao tópico Missão 1, localizado no fórum Atualizações do Narrador.
Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Conectar-se

Esqueci minha senha

Calendário

Calendário:
Então, como todos que jogam sabem, nós seguimos um calendário de turnos. Nessas primeiras semanas turnamos no dia 07 de junho de 2080. Dia 04 de junho de 2011 todos os turnos devem ser encerrados para que o novo dia comece. Dessa vez pularemos duas semanas, estaremos turnando no dia 21 de junho de 2080. Postaremos com o narrador resumindo toda a trama. Aguardem!


Votações
Melhores FPs:
VOTE AQUI!

Ganhadores dos Melhores Turnos:
Lisa Marie, Angelique, Claude Barton e Adam
Confira aqui!

Melhores Avatares:
VOTE AQUI!

Ganhador dos Melhores Posts:
Lisa Marie Barton e Arauel (Player: Bibs)
Confira aqui!

Avisos
Missão do semestre:

Aves Encantadas: CLIQUE AQUI!

Novidade das missões:
Novo poste com o narrador AQUI.

Novidades:
Novas Votações!

Quem está conectado
1 usuário online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 1 Visitante

Nenhum

[ Ver toda a lista ]


O recorde de usuários online foi de 14 em Sab Jun 22, 2013 3:47 am
Últimos assuntos
» [CHAT & FOFOCAS]
Ter Jan 06, 2015 9:35 pm por Beliel

» [PERSONAGENS E PHOTOPLAYER]
Ter Maio 28, 2013 1:05 pm por Selene Corvinus

» [FP] Selene Corvinus
Seg Maio 27, 2013 7:49 pm por Selene Corvinus

» [VAGAS DAS RAÇAS E PEDIDOS]
Seg Maio 27, 2013 7:34 pm por Selene Corvinus

» [FP] Conde Clawss
Dom Maio 12, 2013 4:33 pm por Ishtar

» [LISTA E VAGAS DE EMPREGOS]
Qua Maio 01, 2013 3:48 am por Conde_Clawss

» Bar e Hotel London
Qui Jan 03, 2013 6:40 pm por Ishtar

» Malek Falls Vaclavs
Dom Abr 15, 2012 1:21 pm por uivo-trovao

» [FP] Aaron Larkin.
Qui Jan 05, 2012 6:24 pm por Aaron Larkin

Parceiros

[FP] Pandora Lucchesi

Ir em baixo

[FP] Pandora Lucchesi

Mensagem por Pandora Lucchesi em Qui Maio 12, 2011 7:48 pm

--


Nome ~ Pandora Lucchesi
Como gosta de ser chamado
~ Pandora/Pan
Idade
~ 24 anos
Sexo
~ Feminino

Filiação ~ Isis & Narciso Lucchesi
Raça
~ Paranormal
Onde vive
~ Munique
Trabalho
~ Garçonete (Taverna do beto) e se considera uma artista nas horas vagas

Cabelos
~ Longo e liso, castanho claro
Cor dos olhos
~ Castanho claro
Aparência
~ Estatura mediana, magra

100 PONTOS PARA DIVIDIR:
Destreza
~ 14
Carisma
~ 16
Inteligência
~ 20
Raciocínio
~ 16
Força
~ 10
Autocontrole
~ 12
Coragem
~ 12


Sua história: A Alemanha era um país amplamente desenvolvido, tínhamos tecnologia de ponta, tudo que pensávamos em querer, logo estava a nosso alcance. Está certo que nada era perfeito, ao mesmo tempo que o capitalismo corrompia a tudo e a todos nós deixávamos de lado coisas simplórias, mas que no final de tudo, e principalmente hoje, fazem toda a diferença. A população da Alemanha começou a cair seis anos antes do meu nascimento, posso até ser chamada de milagre, pois a taxa de natalidade naquela época era ínfima, quase nula. As mulheres eram tão independentes que não queriam mais ter filhos, existia um ideal de beleza tão extremo que elas não queriam distorcer a visão que tinham de si mesmas diante do espelho. Valores foram perdidos, famílias foram esquecidas, tudo que se via eram apenas coisas materiais, coisas fúteis. As pessoas já não ligavam nem para o que acontecia no resto do mundo, viviam ‘felizes’ em suas bolhas, e devido a isso não viram que o mundo estava virando de ponta cabeça, que estava se despedaçando e que uma revolução estava se formando... Mas, eu vi. Eu não falo de uma revolução de tecnologia contra tecnologia, falo de uma revolução jamais vista antes, de uma revolução Sobrenatural. Já que as pessoas não conseguiam enxergar um palmo a frente de seus narizes, vieram outras criaturas reivindicar a posse do mundo, para assim conseguir mantê-lo ou terminar de destruí-lo, há quem acredite em ambas as alternativas. Eu vi a guerra chegar, porém mesmo em uma civilização tão avançada, o ceticismo ainda predominava. Preferiam acreditar que seu mundinho (nada) perfeito estava intacto, do que acreditar que alguém podia prever o que estava por vim, ainda mais sendo uma criança... e eu não fui a primeira desta linhagem, não fui a primeira a ser desacreditada, taxada de bruxa ou aberração... assim como não seria a ultima. Eu vi isso.

“O grande lance do futuro é que ele muda cada vez que você olha para ele; justamente porque você olhou para ele... e isso, muda todo o resto.” (O vidente)

Leipzig – Saxônia – Alemanha ; 4 anos antes da Revolução Sobrenatural

O nascimento


Isis estava deitada em sua cama, sentindo fortes dores, seu marido estava no trabalho e apenas uma empregada estava em sua casa, porém ela ficou se contorcendo em silêncio. Seu marido não queria a criança, sua família não queria a criança. Mas, Isis amava seu bebê com todas as suas forças e ficou firme e forte durante os sete meses anteriores.

Ainda não está na hora, ela pensava enquanto o suor gelado corria por sua testa. As contrações aumentavam, mas ela não achava que sua pequena iria nascer logo. Ela pensou em ligar para seu marido e dizer que precisava ser levada para um hospital, pois algo estava acontecendo, mas ela sabia como seu marido era. Ele e todos os Alemães tinham aquela frieza que ela já estava acostumada, mas nessas horas ela se lembrava de suas origens, o Brasil, do calor daquela gente, da união. Mas, quem mandou se apaixonar pelo alemão?

Quando ela já não estava agüentando, ela gritou por socorro. - Hilfe! Hilfe! Gritava por socorro com a voz embargada pela dor. Logo a empregada adentrou o quarto. Ela era sua esperança. A empregada mesmo tendo ordens de não ajudar sua patroa prestou socorro. Em meio a tanta tecnologia Pandora nasceu de um parto normal e em casa, como há muito tempo atrás. Depois de ajudar Isis com a criança, que era minúscula, Dorotéia, a empregada, a deixou sozinha e nada disse. No entanto Isis agradeceu imensamente, primeiramente a Deus. Muitos haviam esquecido sobre religião, mas Isis era temente a Deus, mesmo que escondida de seu marido.

À noite, quando ele chegou em casa e se deparou com a criança deitada sob o colo de sua esposa, Isis percebeu a mudança repentina em seus olhos gelados. Ele se encantou com a pequenina. Se aproximou de Isis muito devagar, com uma admiração pura em seu semblante. - Meine Tochter! – Sussurou para sua mulher. Sua filha, sua única filha.


---
Um ano antes da revolução


Pandora tinha três anos quando seu dom lhe tocou pela primeira vez. A Família Lucchesi estava reunida em sua casa, que não era totalmente luxuosa, tendo em vista que moravam em uma cidade pequena, mas confortável. Estavam na sala de estar quando a pequena começou a chorar como se a tivessem machucado. Narciso viu um olhar de pânico que nunca havia visto antes no rosto de sua esposa, era como se ela tivesse sentindo tudo que a criança sentia, ele amava sua pequena, mas ainda não conseguia entender a ligação que Isis tinha com ela. Ela era mãe, e ele não entendia.

Depois de alguns minutos naquela aflição eterna a pequena, que estava nos braços de sua mãe fungou e olhou para o rosto de Isis.

– Saudades da vovó mamãe. – Ele disse ainda fungando. Sua mãe, sem entender bem do que se tratava franziu o cenho e encarou a criança.

– Quer ir visitá-la mein kleiner? – Ela disse enxugando as lágrimas de Pandora. – Nós vamos pro céu mama? – Perguntou inocente. Isis ficou aflita com a pergunta da filha, e lançou um olhar preocupado ao marido. Ela não falava sobre céu e inferno para sua filha. Da onde ela tinha tirado isso?

- Não meu anjo, vamos na casa da sua avó. – Disse sorrindo para a criança. Pandora balançou a cabeça e deixou uma lágrima rolar, fazendo beicinho.

– Ela não vai estar lá mama. – Disse e começou a chorar novamente.



Na mesma noite, Narciso ligou para a casa de sua mãe e ela estava bem. Não falou sobre o ocorrido com sua esposa, porém Isis não tirou aquilo da cabeça. Na manhã seguinte, logo pela manhã, foram notificados do falecimento da mãe de Narciso. Ela morreu durante o sono, tranquilamente. E é claro que isso abalou a família Lucchesi. O pai não queria acreditar, e a mãe rezava para que aquilo tudo tivesse sido uma coincidência.

***


Seis meses depois do ocorrido, pai e mãe já estavam convictos que tudo havia sido somente uma coincidência. Isis se sentia imensamente aliviada poa sua filha ser perfeitamente normal. Estavam saindo de um museu, ambos segurando as maozinhas da pequena. Pandora era muito conhecida na cidade, pois era uma das raras crianças que viviam na região. A população da Alemanha nesta época era principalmente composta por idosos.

Estavam caminhando de volta para seu carro quando pandora de repente começou a ficar inquieta e tentava se soltar deles. – O que houve querida? – Isis perguntava preocupada.

As lágrimas começaram a rolar pelo seu rostinho delicado e quando chegaram no carro e a colocaram no banco de trás ela colocava as mãozinhas na cabeça enquanto a torrente de lágrimas não cessava. Isis, sentada no banco da frente começou a chorar também ao ver o sofrimento da filha. Narciso, por sua vez, continuava impassivo, mas em seu interior ele sentia pelo sofrimento da pequena.

Chegaram em casa e pandora já estava mais calma, porém estava com um olhar assustado no rosto. Isis a carregou para dentro e a levou direto para seu quarto. – O que aconteceu querida? – perguntou aflita para a filha.

- Acabou mama. Tudo acabou. – Ele disse enquanto se acomodava em sua cama.

A mãe não entendia o que a filha queria dizer. – O que minha filha?

- Os monster mama. – Disse assustada e colocando a cabeça embaixo do lençol.

- Não existem monstros minha pequena. – Disse descobrindo a criança e lhe dando um beijo na testa.

- Eles estão vindo mama. Tudo diferente. Não tem casa. – Disse cheia de inocência.

A mãe deu um sorrisinho vago. - Goodnight mein Engel!

No outro dia nada nada aconteceu. Na semana seguinte nada aconteceu. Isis riu da parte dela que tinha acreditado em Pandora. No entanto meses depois algo aconteceu.

***


O ano que começou, trouxe junto com ele o maior pesadelo de muitos, colocou a prova a sanidade de outros e trouxe alegria a poucos. Como já era esperado, o mundo estava em crise, e dessa vez não era financeira. A poluição era demais, o efeito estufa não tinha mais como ser parado. Para alguns, o fim estava chegando, e era quase isso. Porém, uma pequena mudança na sentença e teríamos a verdade. O fim da humanidade estava quase chegando, enquanto que o comando do mundo começava a ser tomado por criaturas superiores. E Pandora havia visto isso. Agora seus pais acreditavam.

A pequena cidade em que moravam foi praticamente destruída durante a guerra, fico inabitável. Os poucos sobreviventes estavam migrando para Munique, que segundo as notícias era o lugar mais seguro no momento. A família se mudou para lá, mesmo com dificuldades. Pela primeira vez em sua vida Isis viu aquele povo unido. Era preciso estar vendo o fim para que relembrássemos o verdadeiro valor das coisas. Sobreviveram junto com outras famílias durante os tempo de guerra, passando por dificuldades, por noites que não acabavam nunca, por dias miseráveis, mas passaram juntos. Pandora viu a guerra se acalmar, e conforme crescia conseguia entender e explicar melhor o que via, e assim ela era como um meio de comunicação para todos os exilados que ali se encontravam.

Mas, nada na vida é perfeito. Pandora não viu que a morte cercava sua família. Seu dom tinha falhas, e foi numa dessas que ela perdeu seus pais. Quando todos pensavam que a guerra tinha cessado... ela não cessou. E dessa vez Pandora não viu. Mas, ela sentiu... sentiu a perda dos pais do jeito que ninguém sente, pois ela tinha o dom de saber isso com antecedência, e ela não soube. A frustração que sentia era tamanha, que ela começou a ignorar as coisas que via. De que adiantava tentar salvar o mundo se ela não conseguiu salvar nem sua família? Era um pensamento egoísta, e agora ela sabe disso.

Depois da perda, Pandora viveu com uma das famílias da qual conviveu durante o ápice da guerra, Munique estava praticamente destruída, mas mesmo assim era seu lar, seu lugar... se é que ela tinha um lugar nesse mundo. Viveu com eles até seus 15 anos, quando decidiu que queria seguir caminho sozinha. Ela tinha medo. Medo de falhar com eles como tinha falhado com seus pais. Ela preferia viver sozinha do que não conseguir dormir a noite querendo saber se veria ou não quando o perigo se aproximasse dos que a acolheram. Sendo assim, fugiu da casa onde vivia, levando apenas uma pequena caixinha que lhe foi deixada por seus pais, um pequeno detalhe do que um dia representou a riqueza deles, e foi morar em outra região, afinal... não tinha muitas opções.

Semanas depois ela viu a morte deles, ataque de vampiros. Pandora lutou contra o tempo para tentar alertá-los, mas chegou tarde demais. Mais uma vez a frustração tomou conta dela, pois se ela tivesse continuado lá, ela teria os avisado a tempo.

***


Hoje em dia Pandora vive sozinha, na mesma casa que abandonou há nove anos atrás. É uma casa humilde e simples, mas no meio do caos que a cidade ainda se encontra, ela é feliz por pelo menos ter uma casa. Prefere viver sozinha, apesar de sentir falta de conviver com outras pessoas. Ainda tem medo de não conseguir proteger as pessoas próximas a ela. Como sua casa é um pouco afastada da área principal, ela não tem tantos problemas com isso. O fato de viver na solidão a ajudou a aperfeiçoar seu dom, agora ela consegue que suas visões sejam induzidas, ela não precisa mais esperar tanto por elas, basta que ela se concentre em determinada coisa e bum! Ela vê. No entanto nem sempre funciona com tudo ou com todos, há sempre as exceções.

Vive de pequenos favores que faz, canta, dança, escreve... se considera uma artista... que aprendeu com a vida.

“Quem luta com monstros deve velar por que, ao fazê-lo, não se transforme também em monstro. E se tu olhares, durante muito tempo, para um abismo, o abismo também olha para dentro de ti.” (Friedrich Nietzsche)
avatar
Pandora Lucchesi

Mensagens : 76
Data de inscrição : 10/05/2011
Idade : 27
Localização : Munique

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [FP] Pandora Lucchesi

Mensagem por Apple Potter em Qui Maio 12, 2011 7:51 pm

Perfeitaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa !!!! *-----*

Como ela é paranormal ela já sabe ( nem precisava ser ) Mas ADOREI!
avatar
Apple Potter

Mensagens : 42
Data de inscrição : 11/05/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [FP] Pandora Lucchesi

Mensagem por Claude Louis Barton em Qui Maio 12, 2011 8:40 pm

Tenho uma queda por paranormais, fikdik.
HUISAHRIUASHRIUSAH
Muito bem-vinda sua linda /pedreiro.
avatar
Claude Louis Barton

Mensagens : 147
Data de inscrição : 28/04/2011
Localização : Castelo Barton

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [FP] Pandora Lucchesi

Mensagem por Pandora Lucchesi em Qui Maio 12, 2011 8:45 pm

Peguei a dica óh! HUAHAUHAUAH.Q
Vem que tem uai! Cool

Cai logo então. #Fikdik
avatar
Pandora Lucchesi

Mensagens : 76
Data de inscrição : 10/05/2011
Idade : 27
Localização : Munique

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [FP] Pandora Lucchesi

Mensagem por Claude Louis Barton em Qui Maio 12, 2011 9:02 pm

Só se tu não se importar de eu dar umas mordidinhas de vez em sempre sua linda ;D
avatar
Claude Louis Barton

Mensagens : 147
Data de inscrição : 28/04/2011
Localização : Castelo Barton

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [FP] Pandora Lucchesi

Mensagem por Pandora Lucchesi em Sex Maio 13, 2011 2:55 pm

HUAHUAHUAHAU.Q
Morde que gosto! Twisted Evil
avatar
Pandora Lucchesi

Mensagens : 76
Data de inscrição : 10/05/2011
Idade : 27
Localização : Munique

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [FP] Pandora Lucchesi

Mensagem por Jared Sheppard em Sex Maio 13, 2011 4:21 pm

PANDOOOOOOOOOOOOOOOOOORAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA

sai desca de vampiro fia ..

Vem pro doutor akieeee ;D

nw se envolve com esses monstros vai virar um UASHUASHUASHUASH'

NAMORAL EU Li ESSA FRASE DO TIO FRED ONTEMMMMM OO'
BOLEI .. botou na fp so pra me seduzir prq sabia q eu gostava dele neahhhh

avatar
Jared Sheppard

Mensagens : 35
Data de inscrição : 11/05/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [FP] Pandora Lucchesi

Mensagem por Pandora Lucchesi em Sex Maio 13, 2011 5:36 pm

Foi pra seduzir sim Minha Linda! VEMPRASUALOIS Twisted Evil

Tenho uma queda por doutores! Wink Na verdade, por esse aí eu já até caí.
avatar
Pandora Lucchesi

Mensagens : 76
Data de inscrição : 10/05/2011
Idade : 27
Localização : Munique

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [FP] Pandora Lucchesi

Mensagem por Mark Copperfield em Sex Maio 13, 2011 7:18 pm

AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA
Muiiiiiiiiiiiito linda, poooooooooo!
Vemk na Fletcher I love you
Eu sou humano mas faço o serviço que é uma delícia ;9
avatar
Mark Copperfield

Mensagens : 48
Data de inscrição : 26/04/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [FP] Pandora Lucchesi

Mensagem por Jared Sheppard em Sex Maio 13, 2011 7:26 pm

Sai pra lar MArk ela é minhaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa
avatar
Jared Sheppard

Mensagens : 35
Data de inscrição : 11/05/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [FP] Pandora Lucchesi

Mensagem por James Friederichs em Sab Maio 14, 2011 11:31 am

Vai ver o sua quando eu pegar ela I love you
avatar
James Friederichs

Mensagens : 120
Data de inscrição : 26/04/2011
Localização : Wolfric

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [FP] Pandora Lucchesi

Mensagem por Lisa Marie Barton em Sab Maio 14, 2011 12:49 pm

APROVADA
avatar
Lisa Marie Barton
Administrador

Mensagens : 421
Data de inscrição : 13/04/2011
Idade : 29
Localização : Barton

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [FP] Pandora Lucchesi

Mensagem por Pandora Lucchesi em Seg Maio 16, 2011 12:42 pm

Enfim aprovada! \o/

Quem pegando quem meninas? Atóron Perigon! Laughing
avatar
Pandora Lucchesi

Mensagens : 76
Data de inscrição : 10/05/2011
Idade : 27
Localização : Munique

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [FP] Pandora Lucchesi

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum